top of page

Rincon del Sarandy leva campeonatos na raça Brangus em primeiro dia da Expoutono 2024

A estreia da Rincon del Sarandy, de Uruguaiana (RS), nas pistas da Expoutono 2024 foi de conquistas na raça Brangus. No primeiro dia de disputas no Parque do Sindicato Rural do município, a propriedade comandada pelos irmãos Ignacio e Martin Tellechea e pela mãe Claudia Indarte Silva, sagrou-se grande campeã entre os trios de terneiros com o box 62 (FIV3080, FIV3083 e FIV3142). O exemplar de tatuagem FIV3083 ainda levou o mérito de melhor terneiro entre os trios da exposição. A estância levou também o título de trio reservado de grande campeão de terneiras com as fêmeas do box 44 (FIV3147, FIV3108 e FIV3112). “A pista de Uruguaiana é sempre muito pesada. Hoje tivemos a alegria de conquistar diversos títulos, o que indica que estamos no caminho certo ao trabalhar com a consistência genética de nosso rebanho”, apontou, acrescentando que os animais de pista da Rincon irão à venda no dia 14 de julho no leilão Rincon Show.


Nas terneiras individuais, a Rincon arrematou o mérito de reservada de grande campeã com o box 11 (FIV3184). Nos machos, a propriedade destacou-se com o terneiro do box 59 (FIV3084), que ficou como terceiro melhor terneiro individual da mostra.


No grande campeonato de fêmeas Brangus, a cabanha levou o título de trio reservado de grande campeão com o box 100 (2730, 2676 e 2468) e de terceiro melhor trio com o box 102 (2500, FIV2459 e FIV2455).


O jurado uruguaio Federico Maisonnave, que atua como consultor da raça Brangus e em rebanhos próprios no Paraguai, disse que foi surpreendido com uma quantidade desafiadora de animais a serem julgados em Uruguaiana. Acostumado às pistas brasileiras, destacou os avanços obtidos nos rebanhos ao longo dos 18 anos em que participa das exposições no país. Segundo ele, constatou ganhos consistentes na seleção, focada cada vez mais em animais produtivos e muito funcionais, o que classificou como uma seleção focada na realidade da pecuária brasileira. “Vimos hoje terneiras excepcionais, que são boas aqui como em qualquer país ou ambiente. Acredito que o que vimos aqui é o foco da seleção real“.


Na foto Box 11

Crédito: Carolina Jardine



11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page